Buscar
  • Conteúdo_EasyPro

O Checklist no Recebimento de Matéria-Prima


O recebimento de matéria-prima é uma parte elementar do seu fluxo de trabalho, seja no setor da construção civil ou de qualquer segmento da indústria. Afinal de contas, essa etapa do trabalho promove um elevado grau de valor para a sua gestão de qualidade. Muito disso se deve ao impacto que a matéria-prima tem no seu produto final.


Vamos ver, então, como você pode definir um bom trabalho de recebimento de matéria-prima e como o checklist pode fazer parte desse processo qualitativo? Confira!


O valor do Recebimento da Matéria-Prima


Ao ter um bom controle de qualidade sobre a matéria-prima recebida, sua empresa demonstra atenção e cuidado com a mercadoria e também com as etapas posteriores de produção. Dessa maneira, qualquer irregularidade identificada permite uma tomada de decisão ágil para devolver os produtos em desacordo com o combinado e, ainda, garante um nível de excelência para as suas produções.


E no que envolve esse processo? Basicamente em um teste de inspeção no ato do recebimento da matéria-prima. Dessa maneira, qualquer característica fora do comum deve ser apontada naquele instante.


As Consequências de Negligenciar a Inspeção


Fugir ou afrouxar a rigidez desse processo pode ser prejudicial de muitas formas para a sua indústria. Alguns exemplos disso:

  • Paradas imprevistas no processo de produção, caso a matéria-prima esteja comprometida de alguma maneira;

  • Desperdício de tempo e trabalho das máquinas e da sua mão de obra;

  • Perda de insumos.

Tudo isso interfere também no controle de qualidade dos seus produtos. Daí a importância em fazer um monitoramento no ato do recebimento de matéria-prima.


A Implementação de um Checklist no Recebimento de Matéria-Prima

Agora que já vimos a importância dessa inspeção, vamos ver como o checklist pode ser o diferencial para um trabalho rápido e eficiente.


O primeiro passo para tal tarefa é o mapeamento de todo o fluxo — desde o momento de receber os produtos ao ato de colocá-los em produção. Com base nisso, todos os responsáveis sabem, exatamente, como proceder na análise.


Veja também: 10 passos para montar um checklist ideal!


Com especificações, o checklist pode servir de guia para que seus funcionários sigam, item a item, até determinar se o recebimento da matéria-prima segue conforme as orientações ou se fogem do padrão.


Outra dica interessante, nesse sentido, é ter um registro de todos os problemas que podem ocorrer. Assim, o checklist fica completo e pode ser avaliado tanto com os níveis de adequação quanto às evidências de problemas que, em uma minuciosa inspeção, podem ser verificados.


Vale entender, por fim, que todos os setores do mercado podem se beneficiar de um checklist. E para os mais variados objetivos. Nesse caso, o recebimento de matéria-prima vem como uma parte anterior à produção, mas que impacta fortemente em todas as fases seguintes da linha produtiva.


Se você quiser conhecer as novas tecnologias para garantir um trabalho de qualidade, nesse sentido, fica aqui o nosso convite. Fale com um de nossos especialistas e entenda como o Easy Check, nossa solução inteligente de checklist, pode fazer parte do seu dia a dia de maneira prática, acessível e eficiente!

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo