top of page
Buscar
  • Foto do escritorContato EasyPro

Redução de custos e aumento da qualidade: quem não quer?

A Indústria Brasileira vem sofrendo forte queda desde seu melhor momento, em 2013. Crise financeira, instabilidade política, pandemia, guerra da Rússia contra a Ucrânia e alta do dólar são alguns dos fatores que agravam a situação. Nesse contexto, se faz essencial uma gestão com foco na redução de custos dentro das fábricas brasileiras.


No decorrer desse artigo traremos algumas recomendações de como fazer essa redução de custos, em que áreas é viável tentar otimizar os gastos e como essas manobras podem resultar também no aumento da qualidade dos produtos.

Confira abaixo algumas dicas de como fazer redução de custos na indústria:

- Investimento em tecnologia:

Muitas vezes já falamos sobre tecnologia e Indústria 4.0 aqui no blog. O investimento em tecnologia é primordial para que a grande maioria das ações de redução de custos sejam colocadas em prática. Automatizar processos, contar com sistema de gestão e investir em softwares que facilitam a rotina do chão de fábrica, toda melhoria tecnológica influencia diretamente na contenção de despesas.


- Mapeamento dos desperdícios

A tecnologia, por exemplo, capacita sua empresa a entender onde estão os desperdícios. Hoje, seu negócio pode estar desperdiçando materiais na produção, pagando horas extras em demasia, sofrendo com retrabalhos que passam despercebidos ou até mesmo precificando seu produto de forma incorreta. O desperdício acontece de inúmeras formas e mapear onde eles estão é muito importante para quem visa a redução de custos.


- Aproveitar ao máximo a mão de obra:

O desafio de aproveitar a totalidade da mão de obra está sempre presente. Isso engloba melhorar a performance, capacitar o pessoal, motivar os funcionários e cercar o trabalhador com tecnologias que auxiliem em sua rotina, seja no exercício da função ou na análise de dados e desempenho.


- Automatização de processos:

A automatização é o primeiro benefício que uma empresa percebe após investir em tecnologia. Automatizar processos vai permitir uma otimização de tempo no fluxo de trabalho e substitui o trabalho manual em muitas frentes, liberando o funcionário para tarefas mais estratégicas.


- Gestão de materiais:

São várias as alternativas para reduzir custos de materiais. Uma fábrica deve eliminar perdas durante a produção, através da tecnologia; comprar montantes maiores para negociar melhor valor; padronizar seus processos e buscar fornecedores com melhor custo x benefício.


- Manutenção de maquinário:

Deixar a manutenção em dia reduz as quebras de máquinas significativamente. Toda unidade fabril deve ter seu plano de manutenção. Prestar atenção na manutenção corretiva e na manutenção preditiva é fundamental para evitar paradas desnecessárias no chão de fábrica.


- Capacitação de equipe:

De nada adianta investir em melhorias que visam a redução de custos se a gestão da empresa não investir na capacitação da equipe. O trabalhador bem treinado provoca menos acidentes, menos quebra de equipamentos, menos produtos com defeito e pode participar positivamente nas tomadas de decisões.


- Digitalização:

Eliminar papéis, cópias e impressões parece algo banal, mas a longo prazo a economia resultante dessa ação será considerável. Digitalizar documentos é mais seguro e ecologicamente correto.


É Possível Aumentar a Qualidade com Redução de Custos?

As orientações que passamos acima, para a redução de gastos na indústria, são efetivas também para o aumento da qualidade no produto final. Em consonância com os métodos próprios do setor de qualidade, os processos de gestão e chão de fábrica bem alinhados reduzem ao máximo os imprevistos e riscos na cadeia produtiva.


Como vimos em nosso artigo, a redução de custos passa por diversas ações. Se a sua empresa enxerga a necessidade de gastar menos em sua gestão, entre em contato conosco. A EasyPro oferece uma suíte de soluções tecnológicas que pode auxiliar você.


11 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page